Radio A Toa

sexta-feira, agosto 13, 2010

Wife's Lament - The Fake Husband

Aqui estou sendo
olhada por seus olhos
e pela névoa de tuas mágoas
fruto da corrupção emocional
que nos assola anunciando o genocídio
de nossas amorozidades,
...afetividades corrompidas
a golpes de estoques num pátio
de um presídio emocional qualquer,
traduzindo as misérias
de nosso amor reativo!

Ai estas me olhando
atrávez das alucinações
de tuas incertezas
exigindo que prove que fiz
o que não fiz,
condenando-me ao limbo
de tua errática arrogância.
...condenada ao engano,
estando eu, certa de minhas duvidas!

agora duvidando de minhas certezas
navego na senda de tuas incertezas
ampliadas sobre o futuro...
um falso marido me escapa entre
os dedos; um entre outros.....
que se foram esquecendo
a promessa de nunca um dia,
desmentir juras de alcova
e das cozinhas perfumadas
pelo breakfeast de noites mal dormidas
aromatizadas de carinho, bacon, ovos
e abduções durante a madrugada.

impregnado pela violência
da incerteza afetiva,
da monogamia forçada pelos contratos sociais,
e as êxtases libidinais
que cercam nosso desprazer.
socialmente disfarçados em cenas afetivas que
ha muito não são trocadas
em intimidade no leito.

aguardo a partida dos nossos sonhos,
e de nossos corpos
...amanhã de manhã talvez seja tarde;
pra dizer bom dia
ou, então lembrar de
levar souveniers!....

2 comentários:

Keila Costa disse...

Pena que existam tantos disfarces, tantos contratos a enrigicer os sentimentos, a moldá-los na forma 'conveniente'...Pena haver tão pouca disposição não contratual, espontânea, verdadeira...Belo texto!
Beijos

SIL MIZEL disse...

lindo texto!