Radio A Toa

terça-feira, junho 01, 2010

Dito

O meu dito,
É somente pra você.
Eu lhe repito agora,
Porque o agora,
Pode ser o que falta
Para eternizar
O que estou sentindo,
Só e somente,
Por você...
No exato momento
Deste segundo,
Que está passando,
Que deixou de existir,
Quando pensei
No que ia lhe dizer...
Ah,
Eram apenas palavras minhas,
Para incendiar os ouvidos teus.
Enfim,
Para deflagar o desejo meu...

4 comentários:

Sara_Evil disse...

Que coisa mas elegante...Lindo assim despojado agora supernova!

Iluv it and you e o resta não lembradoo

Keila Costa disse...

Muito bom Nina...que o desejo é tão forte quando pronunciado em alto tom, é mais verdade o desejo palavra...
Beijos

Senhora Loirinha Má disse...

Ah, Nina! Nesse exato segundo que acabou de existir persiste em mim um travo ácido de que esse poema devia ter sido meu. E, no entanto, extra-dimensionalmente, como púdessemos ser atemporais, se é que não somos, eu penso e fixo o instante: que bom é poder lê-la e compartir contigo esse momento de pura poesia! Me empresta esse?

Nina Blue disse...

É todo seu minha querida. Aliás, beijos pra vc Sara, Keila e Loirinha...