Radio A Toa

quarta-feira, junho 30, 2010

Não em nome de um.....+ em nome de todos!!!! (OMNI SUNT COMMUNIA!)


Vazio no texto, cheio de cansaço, com vontade de voltar para casa e esquecer tudo que consegui aprender ...ver se esqueço as diferenças que me forçam a achar as igualdades na imagem que o outro faz de mim....e se ele não estiver por aqui?....o q vou ser senão o arremedo critico de minha inchada auto estima q eu não quero mais ver.....enquanto estranhas mensagens me são enviadas pelo firewall q insiste me salvar da miséria provocada pelos servers de troia e as paginas de pornografia q escondem os roteadores...carnivore....i think it's over...i say a lot about a little more fact...o honey!!!.....quero falar um pouco mais sobre o q esqueci quando prometi reiniciar tudo diferente de novo....e quando estava de novo refletindo tudo o que era antes destes recomeços q arranharam minha pele feito topada de bebado em calçada de pedras portuguesas...´till u drive my car.....penetrando fundo pelo quintal do vizinho detonando os portais da moralidade propostos por imorais defensores da familia, e das crenças que clamam pelo perdão das virgens santas.....q sacrificaram-se em vão feito o amor deixado alem de minhas expectativas, numa estação de trem...train in vain...don´t worry about we think ´bout us....whisper your sexuality to the wind e espere a resposta advinda d´onde não se pode imaginar feito palavras ao leu feito loucura de satisfazer a nescessidade de sacudir os dedos pelo teclado ensebado pelo uso constante por mãos engorduradas pelos bolinhos de aipim adormecidos no forno.....biscoitos finos atraindo moscas nas vitrines das padarias suburbanas q vendem salgados a $1,20 com um copo de guaraná natural.....ou outro refresco com muito açucar pouco recomendado a diabéticos e aos carentes de serotoninas...q navegam por desejos ansiosos por serem devorados por crianças ansiosas por balas e hamburgueres....there´s no free lunch in amerika.....parece que os olhos se cercam de imagens para q o metabolismo as indentifiquem como o q pode ser mais nem sempre é a mesma interpretação q nos chega, e o vermelho q enxergo não tenho certeza de ser igual ao q vc v.....red identity....red alert..running in red....individualização é a negação das interrelações que criam a linguagem da arte e o q aprendemos como história, o mito como modelo q normatiza e impede que as subjetividades aconteçam, as multiplas personalidades disfarçadas por uma que carrega a identidade que permite o crontrole e a ação coercitiva do estado, por ter nome, sobrenome, numero de identidade e código genético mapeado.....andando sobre o solo sagrado de nossas senhas que destravam os logins de nossa virtualidade desejada anonima e digital...mother goose has comin' to this hall.....screamin' for fever, sentindo a historia se decompor na fé em um só homem, negando todo o resto q constrói de maneira ilinear o dia a dia de nosso futuro....when all looser's gambles use her sense....the alligators getting up.....impregnados de energia solar a aquecer-lhes a frieza do sangue...tiranizados pela falta de nonsense destas realidades q os puristas retiram de galileu e a sua desatualizada heresia, contraponto de realidades imutaveis, mutantes até que a normatividade lhes dessem a identidade cientifica e a politica dos iluministas, releitura de fonéticas q jamais mudam paralizando a nossa história no limbo de nossas imutaveis crenças.....sing a song to u!!!!...whispering a candle ligth, say good nitgh for no one.....farsas divertidas fazendo a ciencia se reinventar no coletivo, desmascarando os q manipulam a informação feito um sanduba achatado por uma torradeira de misto quente cauterizada pelo uso e o verniz de manteiga.....will be soon.....ao inimaginavel mundo das invenções que se recusam a calar o imaginário, e a afirmar o q temos como axioma principal de nosso kaos......multidões contidas em uma identidade q não se percebe em sua amplitude, calados pelos poderosos q normatizaram as babilonias roubando-nos a multiplicidade cultural.....seres ocultos em um ser lutando contra si mesmo e, contra o q supõe-se esquizofrenico....um nome....não mais do q um....caotico como a afluencia de normas q regulamentam o caos, e a imaginação que o contradiz reafirmando-o feito incertas certezas d quem supõe-se controlar pela identidade o nome do um.....desperdiçando em nome da animalidade o pensamento e a rebelião, q ao contradizer o contradito torna-se livre como o direito a celebrar q nos é negado junto ao de estar errado.....i´m with u!!!!!......vitima do tempo aonde a história não consegue mais esconder a sua farsa estórica, e, a manipulação do binomio humanidade x dinheiro, pelas politicas q todos sentimos manipulando o q supomos entender (our mind!)......em beneficio de poucos e, o desfavorecimento de muitos, destruir não é propriamente acabar com tudo, mas, derrubar-se tudo pela certeza de q não há mais nada a controlar e só o paleolítico de nosso futuro a revelar-se de novo aonde os nossos antepassados nos entregaram a posse da história e a certeza do futuro, travestido como as impossibilidades do presente e a nossa dificuldade de compreender o q se transforma ao afirmarmos a banalidade da história como diretriz do conhecimento e politica mainstream....já vai longe a possibilidade d q não haveria futuro, e o apocalipse já se tornou as possibilidades q cremos crer como nova era dos sonhos dos futuristas que acreditavam mudar o imutavel do mundo em que vivemos com aventuras espaciais e lisergias intelectuais, nunca nos negaram os paraisos, nunca nos afirmaram reis ou impérios e nem prometeram-nos o reino q adviria para remissão de todos os pecados...tudo uma farsa a calarmo-nos a certeza de nossa humanidade e a posse de nossas vidas e de nossos territórios, temporários com as alegrias das insurreições q permearam nossa cultura prometendo-nos novos tempos mais sempre repetindo-se nos brumários, e o psicionamentos das oposições e da situação nas tribunas franco-revolucionárias (já faz tempo, q assistimos a história se repetindo como farsa)......longe de compreender e saber como se sucede, podemos questionar e responder a nós mesmo, pois querendo ou não nada nos impedira de tomarmos posse de nossas vidas e fazermos nossas escolhas conforme nossas necessidades coletivas....quem calará a voz de todos na boca do um?????.......então todos ouvirão em unissomo a própria voz.....execrando os adoradores da morte em beneficio dos amantes da vida e dos orgasmos....insurrectos, unindo o único ao outro, para q possamos definitivamente exercer todas as posibilidades de nossa natureza....smile we will be erased!

Um comentário:

Senhora Loirinha Má disse...

Sometimes I feel like a motherless child. Better: like a childless mother, that is I am.