Radio A Toa

quinta-feira, junho 03, 2010

Toada do Neurótico


Não sei se vou, não sei se fico,
Não sei se sou isto ou aquilo...
Não sei se quero sim, se quero não.
Não sei enfim, se sou eu, se é você...
Porém, ACHO que sei de tudo que me aflige,
Mas não sei explicar o porque...
Tudo que me conste das coisas esquecidas
E afazeres absolutos de urgência,
Me enlouquecem...
Por pouco entro em surto!
Há todo momento, DESEJO!
O que suponho não ter
E que me FALTA sempre...
Essa falta que não acaba...
Julgamos o outro o tempo todo,
Nada é perfeito,
E a nós mesmos de forma cruel
E extraordinariamente duvidosa.
Imaginamos estar dentro da mente
E no interior alheio...
Será que aquela pessoa percebeu?
MEU DEUS, O QUE FAÇO?
O QUE ELA TEM QUE EU NÃO TENHO?
Pobre de nós,
Pobrezinhos dos homens
Descrentes de seu próprio valor.
Endividados em seus pensamentos
Onipresentes e inconstantes.
Valei-me meu São Neurótico!
TÁ FALTANDO ESSE AÍ, SERÁ QUE ELE EXISTE ?
Salvai as almas esquecidas
E faltosas de si!
(Arquivo Das Verlieren)

Um comentário:

Senhora Loirinha Má disse...

Eu acho que existe, Nina. Eu só não sei quanto. Ou onde.