Radio A Toa

segunda-feira, junho 14, 2010

Kill your Television.....

Over'n'over...em móto perpetuo, percebo q a palavra não esconde mais propõe o absurdo das interpretações.......a palavra é elástica, talvez babacamente idealizada e pré suposta...linguas vivas, linguas mortas...linguas entremeadas... linguas desmitificadas......semiótica/semântica mutante...metodos pré supostos....contrapartidos pela realidade.....hiperrealismo dos ócios da arte e das manhas da imaginação....eu crio!......de tanto que cri .... descri...;)....metafísica de espinoza.....método de kant...legalidade de rosseau......amorosa anarquia de la boetti......entre outros....imagino no principio dos tempos o q seria a base do pensamento, será q seria a busca da essência e do sentido, a idéia básica...as águas e o nascimento de ciencias intessantemente propôem as infâncias das com(1,2,3,...)s-ciências (supra citas pelo redundar do método(argh!!!!)).....início da detonação big bang....imagine só a energia do bang inicial...é excitante tentar perceber o centro da tempestade e a expansão q ela gerou...uau!!...de novo!!!......, seria este o sentimento de se preencher da "alma matter"?????...thunder'n'ligthining.......come in from the storm....é o grito primal contido ..... see sister sweetly, that i speak!.....sabe tem dias q eu acho a vida tão suave....ela me parece o toque do veludo em meus dedos......deve ser legal curtir este barato in my daddy's favourite chair.....splintin'g in a global face....assholes!......o q eu acho interessante nesta viagem de escrever ou teclar...são as possibilidades de frases soltas e palavras aleatórias q podemos associar com conceitos a detalhada observação do q em volta atiça os sentidos.....seria o artista o ideal de liberdade????..escravidão babaca confirmada pela pretensão de museus de artes modernas, fucking'n'cumming in the Wharol's face!..vip's!.....somos "só sombra de sombras, com certeza"...esta frase de Cecília Meireles é ótima......tão real quanto as realidades transdesbundantes de Clarisse....go away!.....a palavra é para ser escrita errada e em pronuncia sem q a dúvida interrompa o desdobramento claro do discurso e, q c coloquem virgulas em meio a perdas de conteúdos....abolir virgula pontos em favor a multilaterialidade dos cérebros q povoam a alma humana e a continuidade do fluxo e certamente na inevital certeza da porção alma matter q podemos ser.....what's your favorite color?

3 comentários:

Nina Blue disse...

It's BLUE!
Quanto a palavra, doce palavra...
É o que me estrutura!
beijos,muito bom, como sempre, mano!

Keila Costa disse...

Encantada com a perfusão libertária de suas palavras...enquanto nós loucos tentamos encaixá-las em frases, períodos, contextos plenamente coerentes, iludidos de que essa possibilidade é real; pura ilusão...Bela reflexão!
Beijos

Sara_Evil disse...

Muito grato!