Radio A Toa

terça-feira, junho 08, 2010

Parece passado, mas não é...

O Sr. A, é um homem do nosso tempo, contemporâneo nas atitudes, porém, antigo nos sentimentos. Seu sintoma é a melancolia, pensa que vem do seu passado, com tudo a que tem direito. Revela lembranças vividas através do tempo, como músicas que mantém tocando em seu coração.
Surpreendentemente, sua sensibilidade é real, ele sofre. Porém, seu sofrimento lembra uma pulsão de desejo, de querer continuar, sempre e sempre mais, mesmo que solitário. E, dessas coisas que existem somente nas canções saudosistas, a possibilidade do seu desejo se realizar, aparentemente, depende só do seu querer.
Em seu discurso, repete as lembranças de outrora, com pura melancolia. O Sr. A, encontra um passado perdido e enquadrado em sinais do tempo. Entre campos verdes de saudades e garrafas contendo supostos pedidos secretos, imagina em que dia deixará de viver as emoções com que a vida sempre lhe abasteceu.
Lembra das pessoas, das casas, dos sabores que provou, dos abraços que recebeu e dos tantos e tantos amores passados e repassados na sua vida.
Digo para o Sr. A, que envelhecer é doloroso e que as nossas escolhas, um dia chegam com correções nem sempre lucrativas. Nosso erro talvez, seja economizar nossos sentimentos com pessoas e momentos, onde o "muito", é sempre um "tudo de bom".
Fico pensando no Sr. A, e desejo que o seu dia amanhã, tenha sabor e aroma de café da manhã, apreciado em uma boa padaria qualquer da cidade.
Quem sabe assim, sua melancolia deixará de ser ao quadrado...

8 comentários:

SIL MIZEL disse...

PS>:

O Senhor "A" é Judeu tá!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nina Blue disse...

Sil,
Acho que você está precisando urgente de fazer terapia, lacaniana de preferência. Caso precise, eu posso indicá-la...
KKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

SIL MIZEL disse...

"terapia lacaniana"!
nem sei o que é isso, mas sei
que "terapia sai CARO"

preciso é de um cacete
urgente!
kkkkkkkkkk

bjs - obrigada pela tentativa.

Keila Costa disse...

Adoro ver discussões 'abrasadas'...rsrs...e o aroma do café...é dessas lembranças que sempre esperamos...tem um desejo explícito e implícito nessa sutileza do cheiro...
Beijos meninas e meninos!

Nina Blue disse...

Sil, vou no tom de Sara_Evil, tranquila, você está agitando a casa, calma que eu estou adorando tudo isso...
Só, que também penso que, podia ser um cristão, espírita, umbandista, evangélico...
O que te levou a crer que ele, o Sr. A é judeu?
Afinal, a melancolia está presente na vida de todo ser humano, humano somos, lembra?
E até onde percebo, a melancolia faz parte...
Nos faz melhores, até!

Nina Blue disse...

Keila,
Valeu, você como sempre, uma lady, além de sensível, é generosa.
Beijos.

Senhora Loirinha Má disse...

Nina, seu texto é maravilhindo. Eu, feito o sr. A, não quero envelhecer. Detesto essa idéia. Detesto ficar perdida de triste em lugares ermos. Tenho medo de acabar tomando média com pão-e-manteiga numa padaria qualquer do futuro. Não sei como, mas não posso conviver com a falência de mim mesma. Egolátra? Quem eu? Como assim? Eu ainda não tinha te contado? Nem o Sara???? Ah, o Sara é bonzinho. Ele releva esse meu lado tétrico....rs

Nina Blue disse...

Depende da padaria...Eu adoro tomar café da manhã na padaria(coisa de carioca), me lembra os sábados e domingos, para ganhar tempo e chegar mais cedo na praia, era bom tomar o café na padaria do seu Manoel (gente boa). Pena que fechou, agora está subindo um prédio. Enquanto isso, Botafogo vai lotando, lotando...
Porém, descobri outra na esquina da D.Mariana, é só.