Radio A Toa

sábado, julho 31, 2010

Gettin' high on your own supply!...stay out wardog! (no herbs...no spice!)



Lá na frente do olho da tempestade tem um monóculo, embaçado pela gordura e pelos reflexos da lente defeituosa e mal polida de um hubble flutuante, olhando monofônico as tristezas e angústias dos povos estrelares e salvaguardando os poderosos das tragédias que por séculos se explicarão na versão dos patrocinadores, nunca na dos excluídos, pelo xenofóbico ódio racial expurgado na estupidez do terror de mercado produzido entre lentes , maquiadores e holofotes feito show de domingo a noite...sobre a nossa história, costumes e talvez na crença dos valores e a sua tradução comportamental......por detras do medo camufla-se a esperança q explode em humanidades e tecnologias......varias vezes reafirmada como utópica, de brinquedo e ilusória, feito musica imortal de jhon lennon...imagine? shoot dead!.........lá no olho da tempestade tem um tapa-olho de ciclope que só mostra a metade mais bonita do olhar...clayrvoyants looking through this syncronicity, misappropiating informations in your own benefit....decepcionando-se com as repetidas ignorâncias que trasformam a história e a tradição do bastão zen em semelhantes.......parametros divergentes, por natureza, iguais, na complexidade do impacto.....ou seja um mestre ao perceber que o discipulo está para perder o momento de iluminação, bate-lhe na cabeça com o bastão para que ele não perca a concentração e a transcedencia absoluta em manifestação, opera-se’ntão, o milagre!...mais ou menos como os chefes de estado q mandam atirar bombas nos infieis para q eles vislumbrem a “verdadeira” face do bem....a same evil calling my name! yeah like fire in the sun! what a hell i have?....a anima mundis sente-se ferida, pela estupidez q possibilita a falácia militarista, afinal de contas presumo q o sonho dos generais deva ser; praticar a teoria de estratégia ensinada nas escolas superiores da guerra.....senão me pergunto do q valera-lhes estes conhecimentos senão perseguir refugiados nos campos de concentração nas fronteiras dos paises que tornam a nossa geografia um patchwork artesanal de etinias e confrontos ideológicos.....i feel a infinity sorrow cumin' to my soul......nunca vi os porta-vozes serem transparentes em seus pronuciamentos, 'stão sempre escamoteando a verdade dizendo q esta tudo bem e q os milhares de famintos q vagam pelas ruas são apenas dados estatísticos de desocupados q não querem trabalhar no meio do mar de prosperidade q pagamos com o sacrificio de todos exeptuando-se os poderosos q alimentam seus pets com restos do salmão q regaram as artimanhas e as negociatas nas mansões num lago ao sul do planalto central....'till the end of the days, lá na cidade planejada para atentederem os requesitos da centralização do poder e a ideia de desenvolvimento e imunidade parlamentar pós os anos dourados.....e como qq outra tambem produz os seus lumpens e miseraveis a cada esquina q por lá são desconhecidas......e poluem os rios com esgotos clandestinos q desaguam a bem cagada merda dos poderosos.....alias magnata não caga...defeca e seca a bunda com vapores perfumados de rosas, provocando-lhes arrepios pelo corpo e quando espalham seus ventos mal cheirosos fedem ao vulgar e popular concentrado de boldo q lhes curou a ressaca.....quem é que se propõe a ser investigado pelos congress hall da elite?....renunciam ou criam secretárias extraordinárias para não perderem seus direitos politicos.....espalhadando pelo mundo, lendas criadas para conterem o anseios das massas q se aglomeram na fila do vale cesta básica e do cartão de crédito com limite de 15 reais q o governo apresenta como um avanço social...olha quanta coisa ela pode comprar na xepa da feira!....com este cartão o povo vai poder comer feijoada de calango um dia por mes..say the dummy on a tv set in pronuntiation to all nation.....enquanto bilhões são drenados por debaixo dos panos e eles fingem não saber...fico me perguntando porq permitimos isso, seguindo feito bois a rampa dos matadouros......se me perguntares de novo espantada, somaticamente surpreendida e sensibilizada: - o q é isso?....te responderei: - um presente!; carinhosamente...com certeza vc entende a minha sensivel sinceridade.....as vezes a imagem de se perder de amor me faz sentido, não na angustia mas sim diante do alumbramento q este sentimento propõe, nada heteronormativo algo tão mais dinamico tão mais profundo q em mim amadureçe...me deixa sem palavras emudecido com olhos d´gua agradecendo ao existir...e por aí se vai a barca....navegando se perde pessoa...cc'rider! perdido no deserto ironizando as miragens que insistem se afastarem para horizontes mais distantes aos quais podemos alcançar.....'till i use my last clean shirt.....continuando a crer q o amor não demanda em uma cabeça quente.....quem vive só espera cercar-se de companhia, idealizando o sentimento amoroso corrigido dos erros do passado, e, q certamente repetiremos por pura falta de memória.....e infantilidades q nem sempre conseguimos superar com gritos e ignorancias....atrás de minha alegria se esconde a carencia q me consome e dificulta a expressão do q penso ser o melhor de mim.....dentro das tempestades chovem rações de soja com farinha de osso e bombas teleguiadas por chips de itaniun de última geração.....aviões q arremessam comida sobre campos minados atraindo famintos para o genocidio, disfarçando a demagogia primeiro mundista....a farsa da midia legaliza o terrorismo dos poderosos....mostra ao homem comum o tenebroso desejo de ver-se diante a face da morte.....q por sinal deveriamos tratar com reverencia e respeito, não só pelos q se foram mais com a importancia q ela tem em relação a libertação do espirito das amarras materialistas.....nada contra o materialismo...mais tudo a favor da espiritualidade e das benções de Deus a todos nós. Um ponto ou um paragrafo pode inverter o sentindo feito elipses cinematográficas, mudando o sentindo da espiral q circunspecta as histórias, aprendemos a escrever escrevendo, a história q testemunhamos, dando asas a imaginação reinventando estórias e debochando de nos mesmos....feito o duplo "y" e gargalhadas orgasticas...a clow yeall'ng to this moons after midnight!....e a partir dai a trama vai se desenvolvendo, escrever dias, horas, meses em busca da fonte, em busca do que poderemos construir e afirmar a nos mesmos,e, identidades esquecidas no desenrolar do nosso imaginado roteiro....o discurso se entrecorta nas misteriosas fantasias deste “hit-cock” de plantão....a vagabond rapping to your feels.....it's all over now!......e o dia dia vai se descorrendo a cerca de tu puerta dos fundos feito conversa de quintal, malhando os que fuxicam na sala de visitas...true lies!....negociatas capitalistas.....:).......sem elas o enredo não tem graça.....give me someone to love!....... A história continua tão fantasiosa como a estória o é, impregnada de sonhos e reflexos de incertezas, e de todas estas coisas terriveis q nos levam a odiar este mundo.....humam being!......mais mesmo assim de-me algo para amar....por favor!...será q educado pareço mais doce, menos hostil?......já afirmaram certa feita, que os brutos tb amam!....:)....e o meu ódio aos oportunismos politicos nada me permitiu desenvolver....alias o ódio nunca permite nada a não ser a ignorante negação da vida e o desafeto generalizado..painkiller!...tentando ser criativo vou recortando a realidade e a colando de maneira aleatória entre virgulas e paragrafos mal colocados....why u don´t mind your own business?....we die young....berrando e batendo a cabeça nos muros das vaidades q fazem-nos desfilar pelas esquinas e vadiar pelas ruas no meio da madrugada, enquanto minha cama clama pelo meu corpo e a saudade que carrego em meio a reflexões e orações....q não encontram alento nem mesmo nas entrelinhas dos livros q leio em busca do tempo perdido...um homem em uma caixa, rindo-se de sua merda emocinal, cercado de misérias q não encontram semelhanças nas imagens projetadas pelos espelhos e nos jogos de repetição q nos insere nos crueis circulos viciosos da mente....aqui sózinho repetindos as mesmas frases, reescritas em virgulas diferentes, confundindo a todos com minhas commas mal posicionadas, erroneamente fixadas em intervalos q já não cabem mais na dinamica do texto....feito as lagrimas q secaram em meus olhos cansados de se inconformarem com o marasmo e a vulgaridade televisiva e a banalização cultural que fazem os literatos e eruditos shaking his head, rindo-se destas estupidas escritas sobre desilusões e esperanças, e, q elas não se repitam com a frequencia com que se repetem.....smoke my bones....kick my ass and say goodbye!...good buy!....os dias passam e eu aqui sentado nesta cadeira com cada vez mais raiva....i'm in rage! praying to the end of the world 'n' all bullshit around me turn my english very worst day by day...i don't mind 'bout this excuses that all begs to a gratefull God....that luvs us!.....mais mesmo assim continuo buscando sentindo no q não sei dizer....renato sabe que renata entende o q renato não sabe dizer e por isso renato entende que renata sabe dizer o que renato não entende, sendo assim renato diz a renata sobre o q renata não entende desejando que renata diga o que renato não sabe dizer e, que espera q renata saiba como falar sobre o q renato não sabe e por isso não diz.....só expectativas mais nada do q expectativas contradizando a ideia zen de se viver um dia de cada vez e estar alerta sobre o presente e o sentimento de se perder na alma universal e, em dionisico deleite promiscuir-se à Deus.....qdo as esperanças se calam sempre encontramos alguem para nos amparar e fazer-nos acreditar em algo e, por não sabermos expressar, então chamamos de deus e a ele oferecemos de bandeja todo o livre arbitrio e o direito de estar errado....perdemos ai a oportunidade de um dia afirmar q a humanidade vale a pena....out of control.....com nosso inconsciente curado da culpa q certamente poderia nos salvar, e, serviçal ao que nos fará esquecer por vez a humanidade q berra em nossos corações a ansia de desafiar o proposto e contradizer o contradito....who knows?.....no have a place like home!...e o verde do gramado do vizinho....home sweet home, no mercy, no gratfull....no hapiness.....killing herselfs to live.....i still belive in life'n'life belives in me....e mesmo torturados, emudecidos continuamos acreditando em tudo q nos dizem em nome da lei, pintado de cor de rosa pelas diversas midias manipuladas pelos formadores de opinião!!!!!...pura estupidez como a nossa q questiona o poder para que outros reflitam e nos tirem totalmente a razão mais adiante.....rape me!...e que as pornos gregas satisfaçam a carencia de cada um dos guerreiros q retornam dilacerados pela crueza das guerras....esvaziados das esperanças adolescentes, assasinadas pelos crimes cometidos nos campos de batalha, dilaceradas por granadas, minas, tiros de fuzis e erros de calculo balistico....em nome da liberdade q creio continuará para todo o sempre como massa de manobra dos tiranos e dos idiotas q fotografam bem na midia.....dizendo q a guerra criara o ecumenismo dos povos e certamente manterá arrogancia dos escolhidos como interpretes da vontade de deus, senhores da nossa vontade, mestres da ignorancia mistico-mecanicista... autoconclamados senhores da matrix.....meantime if u suck me with all your heart, like a slag with no pants smilling'n'eating a whit of ice cream in a dessert spoon, by all means u feel my lactobacillus!

Scream a avarage guy betwen a ravers, celebrating the right of party: Shake my paranoia, beat the groove!

2 comentários:

SIL MIZEL disse...

LI só até a metade!

texto muito longo para o meu DDA
( distúrbio de déficit de atenção)

...com vários assuntos

muito misturado!

bjs

Nina Blue disse...

!.........lá no olho da tempestade tem um tapa-olho de ciclope que só mostra a metade mais bonita do olhar...espalhadando pelo mundo, lendas criadas para conterem o anseios das massas q se aglomeram na fila do vale cesta básica e do cartão de crédito com limite de 15 reais q o governo apresenta como um avanço social...olha quanta coisa ela pode comprar na xepa da feira!
.....continuando a crer q o amor não demanda em uma cabeça quente.....quem vive só espera cercar-se de companhia, idealizando o sentimento amoroso corrigido dos erros do passado, e, q certamente repetiremos por pura falta de memória.....e infantilidades q nem sempre conseguimos superar com gritos e ignorancias....atrás de minha alegria se esconde a carencia q me consome e dificulta a expressão do q penso ser o melhor de mim.....
!....... A história continua tão fantasiosa como a estória o é, impregnada de sonhos e reflexos de incertezas, e de todas estas coisas terriveis q nos levam a odiar este mundo.....humam being!......mais mesmo assim de-me algo para amar....por favor!...será q educado pareço mais doce, menos hostil?......já afirmaram certa feita, que os brutos tb amam!....:)

"Nas entrelinhas te descubro e sem querer te desvendar eu te recebo,
porque do teu verbo, eu preciso para na minha loucura amarrada de mil afazeres, me orientar. Eu gostei, e muito!